VOCÊ EM DESTAQUE

VIVA FELIZ.
VIVA EM UM MASB.

Surpreenda-se com o empreendimento que reúne tudo que você sempre sonhou:
localização, conforto, tranquilidade, diversão e opções comerciais.

3 QUARTOS (1 SUÍTE)

84M2
*OPÇÕES DE PLANTA

72M2
*OPÇÕES DE PLANTA

O layout e o mobiliário são sugestões de decoração. Vide Memorial Descritivo. Os móveis de dimensões comerciais, armários, equipamentos, utensílios, objetos de decoração, pisos, rodapés, molduras, sancas de gesso e alguns pontos de iluminação são sugestões de decoração e não fazem parte do contrato de aquisição. As medidas são internas e de face a face das paredes.
A escolha da planta deverá ser feita no momento da venda, obedecendo a data-limite até 2 (dois) meses após o início da obra.

SUSTENTABILIDADE - SELETTO HOME

CONHEÇA ALGUMAS PRÁTICAS SUSTENTÁVEIS QUE FAZEM DIFERENÇA NO SELETTO HOME. É A MASB PENSANDO NO MELHOR PARA VOCÊ E PARA O PLANETA.

AÇÃO OBJETIVO
Escolha do terreno em área urbana consolidada.
  • Permitir fácil acesso a serviços e infraestrutura básicos.
  • Manter e proteger áreas nativas não urbanizadas, seus recursos e habitats naturais.
Escolha do terreno em área servida por ampla rede de transporte coletivo.
  • Reduzir os impactos ambientais gerados pela utilização de veículos.
  • Reduzir a emissão de CO2 e outros gases de efeito estufa gerados pela queima de combustível.
  • Diminuir a quantidade de veículos no trânsito.
AÇÃO OBJETIVO
Utitlização de equipamentos que geram ruídos acima de 70 dB(A) preferencialmente no período entre 10:00 e 17:00 horas.
  • Reduzir a poluição sonora.
Uso de madeira para formas que permitem ser reutilizadas para a concretagem de vários pavimentos.
  • Promover a reciclagem de materiais.
  • Diminuir o desperdício de material.
  • Diminuir a produção de resíduos.
AÇÃO OBJETIVO
Opção de planta na compra do imóvel.
  • Evitar possíveis reformas dos espaços pelos futuros moradores.
  • Diminuir o desperdício de material.
  • Diminuir a produção de resíduos.
Projeto compatibilizado desde o início da concepção do produto.
  • Conceber projetos já prevendo possíveis interferências que surgirão durante a obra.
  • Conceber projetos com as soluções mais adequadas considerando todas as suas interfaces.
  • Evitar retrabalho durante o desenvolvimento dos projetos ou durante a obra.
Manual do proprietário com a descrição dos ítens de sustentabilidade propostos e a maneira correta de sua utilização.
  • Promover a correta utilização dos sistemas propostos no edifício.
Implantação de bicicletário.
  • Incentivas o uso de transporte alternativo.
  • Reduzir a emissão de CO2 e outros gases de efeito estufa gerados pela queima de combustível.
  • Reduzir os impactos ambientais gerados pela utilização de veículos.
  • Promover uma vida mais saudável.
Manual do proprietário com a descrição dos itens de sustentabilidade propostos e a maneira correta de sua utilização.
  • Promover a correta utilização dos sistemas propostos no edifício.
AÇÃO OBJETIVO
Espaço para recipientes de coleta seletiva de resíduos.
  • Promover a reciclagem de materiais.
  • Minimizar o impacto gerado pelos aterros sanitários.
Instalação de baias para separar e armazenar resíduos produzidos na obra.
  • Promover a coleta e reuso de materiais.
  • Diminuir o descarte de material de construção nos aterros sanitários e em áreas de bota fora.
  • Promover a reciclagem de materiais.
Implantação do empreendimento de forma a evitar grandes movimentações de terra.
  • Evitar transporte e carreamento de terra pelas vias públicas.
  • Reduzir a emissão de CO2 e outros gases de efeito estufa gerados pela queima de combustível para o transporte.
  • Reduzir o descarte de terra em áreas de bota fora.
Utilização de sistema de carenagens nas pias e lavatórios, com a exceção dos lavabos.
  • Reduzir a produção de entulho na obra.
  • Otimização do sistema construtivo.
AÇÃO OBJETIVO
Uso de madeira certificada ou de reflorestamento na execução da obra.
  • Preservar as florestas nativas.
  • Garantir que a madeira utilizada seja oriunda de um processo produtivo ecologicamente adequado, socialmente justo, ecologicamente viável e no cumprimento de todas as leis vigentes.
Uso de portas e pisos laminados preferencialmente produzidos a partir de madeira de reflorestamento ou certificadas.
  • Preservar as florestas nativas.
  • Garantir que a madeira utilizada seja oriunda de um processo produtivo ecologicamente adequado, socialmente justo, ecologicamente viável e no cumprimento de todas as leis vigentes.
Modular/paginar os acabamentos.
  • Diminuir o desperdício de material.
  • Diminuir a produção de resíduos.
  • Otimizar a construção.
Compra preferencial do aço para concreto armado já cortado e dobrado.
  • Diminuir o desperdício de material.
  • Diminuir a produção de resíduos.
  • Otimizar a construção.
Escolha preferencial de fornecedores localizados próximo ao local da obra.
  • Reduzir a emissão de CO2 e outros gases de efeito estufa gerados pela queima de combustível para o transporte.Estimular a economia local.
Uso de eletrodoméstico e eletrônicos categoria A do Porcel para as áreas comuns.
  • Reduzir o consumo de energia elétrica no condomínio.
  • Promover o uso mais eficiente da energia elétrica.
  • Reduzir o custo do condomínio.
AÇÃO OBJETIVO
Uso de sensores de presença nos halls, elevadores, garagens e circulação das áreas comuns.
  • Reduzir o consumo de energia elétrica no condomínio.
  • Promover o uso mais eficiente da energia elétrica.
  • Reduzir o custo do condomíio.
Uso de lâmpadas e reatores eficientes para as áreas comuns.
  • Reduzir o consumo de energia elétrica no condomínio.
  • Promover o uso mais eficiente da energia elétrica.
  • Reduzir o custo do condomíio.
AÇÃO OBJETIVO
Medição individualizada de água nos apartamentos.
  • Promover a racionalização no consumo de água.
  • Promover a redução na conta de água ao permitir que cada condômino monitore seu próprio consumo.
Uso de bacias sanitárias com caixa acoplada e duplo acionamento.
  • Reduzir o consumo de água.
  • Promover o uso mais eficiente da água.
  • Reduzir a conta de água.
Uso de torneiras com fechamento automático nos lavatórios das áreas comuns.
  • Reduzir o consumo de água em relação às torneiras convencionais.
  • Promover o uso mais eficiente da água.
  • Reduzir o custo do condomíio.
Uso de válvulas redutoras de pressão nas instalações hidráulicas.
  • Garantir maior durabilidade das tubulações e acessórios hidráulicos.
  • Reduzir o custo do condomínio ao diminuir a manutenção das instalações hidráulicas.
Uso de caixa de retenção de água pluvial.
  • Armazenar e retardar o lançamento de água da chuva na rede urbana pluvial no momento de pico.
  • Contribuir para evitar o risco de enchentes.
Projeto de paisagismo com uso prioritário de plantas nativas da região.
  • Aumentar a longevidade das plantas, que já estão adaptadas às condições climáticas locais.
  • Reduzir o consumo de água para irrigação com plantas adaptadas ao regime de chuvas local.
  • Preservar a biodiversidade local.
  • Reduzir o custo do condomínio.
Jardins com espécies vegetais com consumo de água similar agrupadas.
  • Reduz o consumo de água no condomínio ao otimizar a irrigação dos jardins.
  • Promover o uso mais eficiente de água.
  • Reduzir o custo do condomínio.
Acessibilidade universal a todos os ambientes das áreas comuns.
  • Universalizar a utilização das áreas comuns.
  • Garantir a segurança do portador de necessidades especiais.
  • Garantir o conforto para todos os usuários.
Fachadas com cores claras.
  • Diminuir a abortância de calor da edificação, ampliando o conforto térmico.
Iluminação e ventilação natural em todos os ambientes de permanência prolongada e na maioria dos de permanência transitória nos apartamentos.
  • Reduzir o consumo de energia elétrica para iluminação.
  • Aumentar o conforto ambiental.
  • Racionalizar o uso da energia elétrica.
  • Reduzir a conta de energia.
Uso de árvores frutíferas atrativas de fauna no projeto de paisagismo.
  • Aumentar e preservar a biodiversidade local.